14/02/2017

Frascati - Itália



Estação de Trem de Frascati




Não é novidade o quanto gosto de conhecer lugares novos e nos fins de semana que tenho livre em Roma procuro dar uma escapada em algum lugar próximo. A cidade escolhida da vez foi Frascati, distante apenas 20 Km de Roma, média de trinta minutos com trem direto saindo da Estação Termini e custo de 2,10 euros cada trecho. Durante o trajeto de trem você pode admirar pela janela as ruínas de vários aquedutos no Parco Regionale dell´Apia Antica.
http://www.parcoappiaantica.it/home/itinerari/acquedotti




Parque dos Aquedutos de Apia Antiga


A Região é famosa pelos Vinhos Frascati porque fica no Colli Albani ou Colinas de Alban , um complexo vulcânico com rochas ricas em minerais que são propícias para as vinhas e o Lago de Neemi e Lago de Albano ocupando a antiga cratera. As cidades aos pés das colinas de Alban são chamadas de Castelli Romani (Castelos Romanos). A Partir do século XVI muitas moradias luxuosas foram construídas por Papas, Cardeais e Nobres Romanos. A mais famosa é a Villa Aldobrandini com um rico jardim no entorno.



Villa Aldobrandini






O vinho branco de Frascati é a grande atração turística com visitas e degustação nas vinícolas.  Mas é na Ciência que Frascati se revela com o primeiro acelerador de partículas italiano desenvolvido pelo INCN- Instituto Nacional de Física Nuclear, além de abrigar outros importantes laboratórios. A Fundação Spaceguard SGF com sede em Frascati estuda e observa objetos próximos da terra para proteger da possível ameaça de colisão. E as missões de observação da Terra da Agência Espacial Europeia são baseadas na cidade.

Assim que desci na estação caminhei até a Piazza da Catedralle San Pietro Apostolo, do arquiteto italiano Ottaviano Nonni e vontade do Papa Clemente VIII Aldobrandini. Durante a Segunda Guerra Mundial a cidade e principalmente a Igreja foi fortemente bombardeada.


Catedral de São Pedro

Fonte de São Pedro

Um pouco mais adiante da Praça com a Catedral está a Igreja de Jesus com fachada de Pietro da Cortona e interior de Andrea Poso. E a Piazza del Mercato é o lugar ideal para comer um sanduiche de Porchetta. 



Igreja de Jesus



Praça do Mercado

Praça do Mercado

Praça do Mercado


A cidade é interessante, mas se você não agendar visita em alguma vinícola ou degustar os vinhos nos restaurantes ou enotecas, é possível conhecer o pequeno centro histórico em uma hora.


Nenhum comentário:

Postar um comentário