22/01/2017

Programas de Fidelidade





Já faz muito tempo que penso em escrever sobre este tema polêmico e finalmente resolvi expor o que penso sobre os Programas de Fidelidade. Viajo muito a trabalho, estudo e lazer e muitas pessoas me perguntam sobre "ganhar passagens" com as milhas que você acumula , minha resposta é sempre a mesma: UMA ROUBADA, GRANDE PIADA e por aí vai.
O primeiro programa de fidelização que entrei foi de uma loja famosa de cosméticos onde comprava todo mês refil de desodorante, presentes, cremes e maquiagem. Depois de um ano juntando pontinhos, a quantidade no final do ano rendeu um Pão de Mel, isto mesmo, um único pão de mel que de raiva nem troquei. No ano seguinte continuei comprando porque gostava dos produtos sem me importar com os pontos acumulados, e novamente os "brindes" eram ridículos. Mas me vinguei e escolhi 1 pincel pequeno de maquiagem só para eles terem o trabalho e gastos para enviar pelo correio.




Em relação às passagens aéreas a situação é um pouco pior, o primeiro programa de fidelização que participei também foi uma grande piada. A cia aérea reservava apenas uma quantidade pequena de assentos para esta finalidade e nunca tinha disponibilidade nas datas que eu precisava.

Atualmente com o mestrado na Itália tenho acumulado muitos pontos em passagens aéreas e compra no cartão de crédito que também podem ser revertidos em milhas, mas estou tentando trocar os pontos por uma passagem sem muito sucesso novamente. Observei que as milhas necessárias  para concretizar a troca são maiores na medida que você aumenta a sua quantidade de milhas. Isto é, logo que entrei para a fidelização a quantidade necessária para trocar um trecho era por exemplo de 10.000 milhas e quando você consegue esta quantidade e tenta trocar, a quantidade de milhas necessárias nos voos são muito maiores. Outra roubada é trocar na modalidade Pontos + Dinheiro, recomendo cautela porque normalmente observo que, o valor a ser complementado em dinheiro é mais ou menos o valor da compra de uma passagem sem você gastar os seus pontos.




Já consegui trocar pontos por passagens, mas isto ocorreu apenas uma vez porque juntei pontos de cartão de crédito, passagens, fidelização de hotel, posto de gasolina, etc., e concentrei tudo em apenas uma conta com a reserva feita com seis meses de antecedência ou mais. Ultimamente não tenho mais paciência com estes planos de fidelização e servem para passar raiva. A Alitalia está devendo creditar pontos de duas passagens a exatamente um ano. Primeiro você passa pelo teste de paciência número um ao ligar nos telefones que você fala com máquinas digitando 1 para não sei o que, 2 para sei lá e assim vai. Depois um atendente passa para outro que passa para outro e a ligação cai. Quando você retorna tem que começar tudo de novo, mas é melhor tomar um calmante antes. kkkkkk.

Sinceramente, é lógico que marco meus pontos nos programas, mas não foco muito e o que vier é lucro porque já passei muita raiva com isto. E na hora de trocar analiso bem as possibilidades, altero as datas de uma viagem para avaliar se a quantidade de pontos muda, etc.





Veja Também :






Nenhum comentário:

Postar um comentário