15/08/2015

O Bauru do Ponto Chic em São Paulo - Brasil




Todo paulistano conhece o famoso Bauru do Ponto Chic, e se não experimentou já ouviu alguém falar. Eu passo na frente de uma das unidades quase toda semana, e sempre comentava de levar meu marido, que não é de Sampa para conhecer. Este dia chegou e segundo ele, foi o melhor Bauru que ele já comeu na vida.

O lanche é feito com pão francês, rosbife, pepino em conserva, rodelas de tomate e uma mistura de queijo fundido na hora ( prato, suiço, gouda e estepe) que chega derretendo na sua mesa.



A unidade do Paissandu é um dos bares mais tradicionais de São Paulo, com mais de noventa anos e inaugurado  na Semana de Arte Moderna, sendo frequentado por intelectuais, artistas modernistas e alunos da Faculdade de Direito do Largo São Francisco. Um desses alunos, Casimiro Pinto Neto, conhecido como "o Bauru" por ter nascido nesta cidade do interior de São Paulo, inventou o famoso sanduíche, em 1937.

Um livro escrito pelo jornalista Angelo Iacocca e publicado pela Editora Senac conta a história do Ponto Chic e sua trajetória, que se mistura com a história e evolução da cidade. A decadência e degradação do centro e mudanças urbanas, a partir da década de 70, levou ao fechamento do Ponto Chic. Depois a reabertura no bairro de Perdizes e posteriormente no Paissandu novamente.



Unidade Pasisandu

Unidade Paissandu

Unidade Paraíso

Unidade Perdizes

www.pontochic.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário