04/04/2015

Aix - en - Provence - França




Na definição do nosso roteiro na Provence Francesa e tentando organizar todos os lugares da nossa wish-list desta viagem, Aix-en-Provence era a cidade que não poderia ficar de fora. 

A cidade  teve o primeiro nome em latim  Aquae Sextiae em homenagem ao fundador romano,o Cônsul Gaius Sextius Calvine em 122 a.C. Ele instalou as termas que estão em ruínas atualmente, mas podem ser visitadas na Cours Sextius. Posteriormente o nome foi mudado para Aix-en- Provence, que significa " Águas na Provença"  pelas inúmeras fontes espalhadas pela cidade com a maior delas na Place de La Rotonda. Saindo da estação de trem e caminhando pela Rue Victor Hugo você chega na Place com a fonte de 3 figuras no topo representando a Justiça ( voltada para a Cours Mirebeau ), Agricultura ( voltada para Marselhe)  e as Belas Artes ( voltada para Avignon). É também nesta praça que fica o Escritório de Turismo, muito útil para pegar um mapa e traçar seu roteiro ou contratar alguns passeios. 


Ao lado do Café Festival na praça Rotonda, sai o tour com trenzinho e dois roteiros: o clássico pela cidade com 45 minutos e o Circuito Cézanne com uma hora. Todos os passageiros recebem um fone com áudio em 8 línguas, mas funciona apenas de 30 de março a 11 de novembro. Bilhete 7 euros adulto e 3 euros crianças maiores de 6 anos. Mas preciso confessar que preferimos caminhar por tudo e não pegamos o trenzinho.
http://www.cpts.fr/

Os horários de saída do tour são:
Baixa temporada ( 30 de março a final de abril e final de outubro até 11 novembro) : 
11h00 , 12h00, 14h15, 15h15 para Circuito Clássico e  16h15 Circuito Cèzanne

Alta temporada ( final de abril até inicio de outubro)11h00, 12h00, 14h15, 15h15,16h15,17h15 para Circuito Clássico e  18h15 Circuito Cèzanne
                                           





Na Place Rotonda começa a principal e mais charmosa avenida da Provence, a Cours Mirabeau com  casarões de nobres do século 16 e 17 , lojas, restaurantes e as árvores de plátanos que emolduram a paisagem de uma maneira única. O Café Les Des Garçons foi frequentado pelo pintor impressionista Paul Césane, o personagem mais importante da cidade que comentaremos em outro post e virou um ícone da cidade. Quase ao lado do Café fica a Passage Agard , uma passagem em arco de um antigo convento Carmelita que hoje abriga várias lojas .



Na outra ponta da Passage Agard, fica o Palácio da Justica e o Tribunal com muitas praças no entorno. O melhor de Aix-en-Provence é percorrer as praças e seus mercados coloridos e cheios de aromas todos os dias das 8h00 às 12h00. Na Praça Richelme,Verdun e Prècheurs todos os dias, nas Praças de La Madeleine e Mairie de terça, quinta e sábado. Na Cours Mirabeau no primeiro domingo de cada mês e às quintas-feiras. Difícil falar qual Praça é a melhor porque cada uma tem um charme especial. E entre tantos produtos o que chama a atenção são os sachês de Lavanda, as especiarias, os sabonetes, as flores e o artesanato local.





Na Place Hotel de Ville fica a Prefeitura com as portas de madeira entalhadas e a torre do relógio astronômico de 1661 com as estátuas que representam as quatro estações. Na mesma praça o frontão do edifício dos correios e biblioteca representam os Rios Rhône e Durance como figura masculina e feminina.





Para chegar e sair da cidade, o meio mais fácil é o trem  com duas estações : a do centro próxima a Praça Rotonda e da Estação Rodoviária Gare Routiere, e a TGV que fica distante 13 Km,  servidas por ônibus que partem a cada 30 minutos. Os tickets  custam 3,80 euros e os horários podem ser consultados no site: www.lepilote.com

Site da Oficina de Turismo de Aix en Provence: http://www.aixenprovencetourism.com/



Nenhum comentário:

Postar um comentário