06/06/2014

Siena - Itália



Alguns passeios podem ser feitos partindo da cidade de Firenze, e um deles é Siena, distante apenas 75 km e uma hora e quinze de ônibus que sai da Rodoviária ao lado da Estação Santa Maria Novella. Os tickets que custam menos de 10 euros podem ser comprados no mesmo lugar antecipadamente ou na hora do embarque, e o percurso passa pelas colinas de Chianti com um visual tipicamente toscano de campos de olivas e vinhedos que já vale o passeio.  Você também pode ir de trem mas ele não te deixa perto da entrada do centro de Siena como o ônibus e demora o mesmo tempo. Certifique-se que o ônibus é o de Linha Expressa  que demora 1h15 porque tem outro de Linha Direta que demora 1h35.




A cidade preserva sua estrutura urbana medieval  com origem  Etrusca que foi posteriormente colônia do Império Romano e atingindo máxima importância na Idade Média. O melhor exemplo desta arquitetura é o Duomo que foi projetada para ser a maior Catedral do Mundo, e ao lado de sua atual construção pode-se ver uma ampliação inacabada. A edificação que conhecemos hoje seria o braço menor do projeto em forma de cruz porque nenhuma igreja pode ser maior do que a Basilica de São Pedro no Vaticano.

Parte inacabada do Duomo de Siena

Duomo de Siena

O Duomo de Siena em arquitetura gótica italiana com fachada de Giovani  Pisano  e contendo obras de importantes artistas italianos, é muito rica em detalhes com chão de mármore em mosaico que demorou quase dois séculos para ser terminado, tetos ricamente pintados  e as cores do mármore branco e preto que dominam o interior  representando as cores do brasão de Siena. 











Depois que se anda um pouco pelas ruas estreitas e com muito sobe e desce, você chega na Piazza del Campo, o coração da cidade. É mágico enxergar por entre as frestas das ruas medievais aquela praça aberta em forma de leque e inclinada como um anfiteatro. As principais construções desta praça são : O Palácio Público onde funciona a Prefeitura mas pode ser visitada por dentro porque possui uma enorme quantidade de obras de arte, a Torre Mangia e a Fonte Gaia.



Palazzo Publico

Piazza del Campo

Torre Mangia

Fonte Gaia

Como todo lugar muito turístico não faltam opções de restaurantes no entorno da praça del campo, mas é andando pelas ruas estreitas que você encontrará opções melhores e mais em conta. Não deixe de provar massas com molhos de tartufo, azeites típicos da toscana e um bom vinho Chianti, de preferência Brunello de Montaltino que é o mais famoso. Nas lojas você também poderá comprar produtos típicos desta região de Chianti e os melhores azeites perfumados com alecrim, basílico e outras ervas.





Nenhum comentário:

Postar um comentário