04/04/2013

Estrasburgo - França




Estrasburgo é capital da Região francesa de Alsácia, bem pertinho da fronteira com a Alemanha  disputada entre os dois países e trocando de lado de tempos em tempos. É por este motivo que a arquitetura tem grande influência do estilo germânico. O bairro Petit France é o ponto turístico mais famoso que retrata esta mistura de arquitetura, rodeada por canais e pontes. As Ponts Couverts , apesar de significar “ pontes cobertas” perderam sua cobertura no século 18 e as torres serviam para proteção da cidade. Ficamos horas caminhando na Petit France  com suas ruas cheias de lojas, restaurantes e muito charme. Paramos nos inúmeros mercados de Natal pelo caminho e lojas com muitos enfeites de Natal.













E o que mais nos chamou a atenção neste trajeto foram as fachada das casas enfeitadas para o Natal com bonecos de pelúcia, principalmente ursos. Como disse anteriormente foi a primeira vez que passei o Natal longe da minha família desde que meu pai faleceu a quatro anos. Como ele se foi alguns dias antes do Natal, esta comemoração nunca mais foi a mesma sem ele . A escolha de passar o dia 25 de dezembro em Estrasburgo foi tentar “ enxergar “ o Natal com outros olhos. Apesar da falta do meu pai, a cidade trouxe uma magia diferente e fui tocada pelo clima natalino outra vez. Comprei um anjo para cada uma das minhas irmãs em homenagem ao meu pai e disse que um anjo tinha saído de nossas vidas e eu estava levando um anjo simbólico da Cidade do Noel.











Uma dica de roteiro para conhecer a cidade é começar por Petit France percorrendo as ruas até chegar na Praça da Catedral de Nossa Senhora de Estrasburgo que foi o edifício mais alto do mundo entre 1625 a 1874, e permaneceu como a maior igreja do mundo até 1880 quando foi ultrapassada pela Catedral de Colônia, na Alemanha. Além da beleza extraordinária em cada detalhe, a catedral possui o Relógio Astronômico de 18 metros de altura. Outro detalhe que me chamou a atenção foi a coleção de 14 tapeçarias sobre a vida da Virgem Maria. No dia de Natal assistimos uma apresentação musical dentro da igreja e sons de um instrumento típico dos moradores das montanhas da Suiça, o alphorn , ou “ chifre alpino” feito de madeira e foi um dos momentos mais emocionantes do nosso Dia de Natal na Cidade de Noel.
















Nenhum comentário:

Postar um comentário