25/07/2011

Firenze Parte 1 - Itália


De todas as cidade italianas , Firenze  é muito especial e adoro retornar para percorrer os mesmos lugares. Além de ter estudado e trabalhar com uma empresa fiorentina, gosto de visitar sempre que venho à Itália . Para entender um pouco sobre a arquitetura local é importante saber que no século 13, as cidades italianas tinham governos independentes e as famílias se agrupavam em partidos para governar. O Palazzo Vechio,  foi construído neste período pelo arquiteto Arnolfo de Cambio  para abrigar a família ducal que governava a cidade dividida entre guelfos e guibelinos. E como a Igreja tinha um papel muito importante, a Catedral Santa Maria dei Fiori e a Igreja Santa Croce foram  projetadas pelo mesmo arquiteto neste período.

Palazzo Vecchio na Piazza della Signoria

Catedral Santa Maria dei Fiori - O Duomo


No século 14 começa a Dinastia dos Medici que governaram a cidade com Giovanni di Bicci Medici, um importante banqueiro, depois Cosimo I e Lorenzo de Medici , que trouxe para Florença artistas como Michelangelo, Leonardo da Vinci,Boticelli, Fra Angelico, Donaltello, Bruneleschi, etc. Esta família e os artistas patrocinados por ela fizeram a Firenze que você visita hoje , e em cada canto você vai esbarrar em alguma obra deles, sem falar o que está dentro dos museus e igrejas. E não é difícil encontrar em algumas fachadas os brasões das famílias,, principalmente dos Medicis. 




Cosimo de Medici na Piazza Signoria

Para facilitar a visita da cidade , segue um breve roteiro com os principais pontos que merecem uma parada. Fica mais fácil se você memorizar que Firenze é dividida em quatro distritos com nome da igreja local: San Giovanini, Santa Maria Novella, Santa Croce e Santo Spirito.



 Minha dica é começar na Estação Santa Maria Novella e visitar a Farmácia de mesmo nome que fica na Via delle Scala, 16 ao lado da estação. O espaço nasceu com a atividade farmacêutica dos freis dominicanos que cultivavam suas ervas para preparar medicamentos e cremes. O produto mais famoso é a “ Água da Rainha”, produzida para Catarina de Medici, rainha da França e o perfume pot-pourri com ervas e flores da colina de Firenze, entre tantos outros. Em São Paulo, no shopping Iguatemi tem uma filial e assim que abriu fui conferir, mas os preços aqui são muito caros. Quem quiser conhecer mais visite o site deles:









  
Retornando para a Praça da Estação e seguindo em direção ao Duomo você conhece a  Igreja Santa Maria Novella , construída pelos freis dominicanos e com fachada de Leon Battista Alberti . Interessante que esta arquitetura é um gótico italiano, muito diferente das igrejas góticas que estamos acostumados a ver.


Igreja Santa Maria Novella
Na ocasião que fui estudar em Firenze  alguns anos atrás, precisava encontrar um hotel para os primeiros dias mas não sabia escolher entre tantas opções. Quando minha coordenadora ligou e eu informei onde ficaria hospedada , ela logo me recomendou um outro afirmando que era em uma área melhor. Estou falando isto porque reservei um hotel no entorno da Estação Santa Maria Novella , mas a rua que eu havia escolhido não era muito segura para andar à noite. Depois disto a busca em sites de viagens para ver a opinião de hóspedes e a consulta no google maps para ver a localização foi regra número 1 que aprendi.




Nenhum comentário:

Postar um comentário