21/08/14

Serrapetrona, Lago Caccamo e Belforte del Chienti na Itália




Já comentei neste post AQUI  sobre como conheci Serrapetrona, uma pequena cidade a 30 Km de Camerino com o melhor vinho que provei na vida. Na última viagem descobri um pouco mais sobre a Vernaccia de Serrapetrona DOCG, e lógico comprei várias garrafas. A produção é rigorosamente controlada por lei, aprovada por inspetores do governo antes do engarrafamento com um selo de numeração na cápsula do pescoço da garrafa. Outra exigência para ser um autêntico Vernaccia de Serrapetrona é ser produzido com um mínimo de 85% da uva Vernaccia Nera, mas a Vinícola que mais gosto Alberto Quacquarini usa 100%. O processo começa com a colheita das uvas em meados de outubro até início de novembro, metade das uvas é colocada em fermentação tradicional e a outra metade é pendurada para secar até final de fevereiro, quando estão como uma passa seca, e misturadas com a outra parte. Depois de alguns meses o vinho é transferido para tanques pressurizados onde passam por fermentação antes do engarrafamento. O resultado é um vinho espumante tinto, raro e único no mundo.




http://www.quacquarini.it/

O Vernaccia de Serrapetrona na versão doce acompanha sobremesas e bolos secos, e na versão seca acompanha queijos, salames, carpaccio de carne e massas .
A Vinicola Alberto Quacquarini também desenvolve a Grappa de Vernaccia na versão normal e Passita com 42% de teor alcoólico, e outros vinhos como o Colli della Serra com 25% de cada uva: Vernaccia, Sangiovese, Merlot e Cabernet; Serrapetrona DOC; Verdicchio Branco, etc.  






Outras delícias que eles produzem são os torrones, biscoitos, chocolates e o meu preferido Nocciolato Pralinato:


Antes de chegar à cidade de Serrapetrona passa-se pelo Lago Caccamo ou Borgiano, criado em 1954  no represamento do Rio Chienti para produzir eletricidade. A pequena vila de Caccamo faz parte de Serrapetrona e além das atividades de pesca, passeios de barco e banhos, uma feira de produtos típicos aos domingos,vários restaurantes como o recomendado Osteria Sul Lago com mesas na parte externa e o Hotel Miralago em suas margens permitindo uma bela visão do lago.




Outra cidade próxima é Caldarola que já comentei neste post AQUI e Belforte del Chienti que  ficam a 2 Km do Lago Caccamo e 9 de Serrapetrona. Belforte del Chienti  significa " Bela fortaleza", um castelo que foi construído no século XII. A antiga vila fica no alto da colina com muralhas, ruas medievais e o Arco da Porta de Santa Lucia.A Igreja de São Eustace padroeiro da cidade, tem um retábulo do artista João Boccati, pintado em 1468, um trabalho com moldura de madeira dourada painéis de impressionante beleza.





Esta é uma sugestão de passeio partindo de Camerino que pode ser feita com o aluguel de um carro ou contratando um taxi para passar o dia. Na Piazza Cavour de Camerino  tem um ponto de taxi e a contratação pode ser feita diretamente com o motorista acertando preço e horário.

19/08/14

Participação do Passione no Blog de Consuelo

Acredito que a maioria das pessoas que passa por aqui sabe da paixão por minhas raízes familiares na Itália, especialmente a Toscana e Florença onde morei, estudei e admiro toda arte e arquitetura. E por ainda manter laços de trabalho e amigos na cidade, leio o blog de Consuelo, filha de Constanza Pascolato que mora em Firenze. Esta semana ela pediu aos leitores fotos de suas viagens e enviei duas montagens que uso aqui no blog e foram publicadas em seu blog.



N.Borelli
Consuelo, Adorei sua iniciativa de mostrar fotos no seu blog.
O difícil é escolher entre tantas, mas estou enviando para você uma idéia de montagem de fotos que inventei para sintetizar um local.
A foto em anexo é o meu encontro com o Duende do Pote de Ouro em Dublin, na Irlanda. Isto está associado a minha infância quando escutada que no final do arco-iris sempre tinha um pote de ouro.
A outra montagem é Londres. e são momentos assim que fazem cada viagem especial.
O meu blog de Viagem e Arquitetura tem muito mais fotos de lugares e cidades que me apaixonei.
N.Borelli


Dica para fazer as montagens com suas fotos de Viagens:
Uso o programa Power Point onde uso o comando "Inserir" para escolher as imagens salvas no computador e ajustar no tamanho da folha.Quando clicar na foto aparece o comando "Ferramentas de Imagens" que ajudam a editar a foto cortando, removendo Plano de Fundo, editando bordas e correções de cor, corte e posicionado para frente ou para trás de outros planos. Depois basta "Salvar como" e escolher um nome e local de destino para salvar a imagem selecionando "Tipo" "Formato JPEG".

16/08/14

Capannori e Porcari na Toscana-Itália




Capannori é uma pequena cidade distante 6 Km de Lucca e juntamente com Porcari sua vizinha, são o berço da nossa família. O nome original era Caponnore, que deriva de Capannule do latim Capanna, que significa pequena casa. Atualmente é a maior comunidade rural da Itália e hoje entendemos porque meus avós gostavam tanto do campo quando vieram morar no Brasil. Os habitantes são chamados de capannoresi e o santo padroeiro é a Madona del Carmine comemorada em 16 de junho.






A cidade conta com uma grande estrutura de agroturismo para quem procura um turismo verde devido a paisagem de campo e colinas no entorno. A Via do Vinho e do Azeite de Lucca passa pela região de Capannori e seu território rural rico de beleza, luz e cor com várias vinícolas que você pode conferir nos links do site abaixo e programar uma visita ou estadia para aproveitar mais das belezas naturais e da gastronomia local.

http://www.stradavinoeoliolucca.it/

  Igreja dos santos S. Quirico e Giullita de Capannori
  

                         Porcari

Igreja S. Giusto de Porcari

10/08/14

Nostra Itália - Nostro Amore

Nostra Itália, Nostro Amore é uma pequena homenagem aos nossos familiares italianos que foram a base do que somos hoje. A emoção de visitar a região da Toscana onde nasceram é indescritível. Admirar de perto as flores e jardins floridos, o prazer de uma boa refeição em volta de uma mesa grande com toda a família, a ligação com a arte e arquitetura, e tantas outras coisas que nos inspiram hoje e que estão na Itália, na terra que dividimos nossa cidadania porque nos sentimos também um pouco italianos.



video


Música de Sergio Endrigo - "Io che Amo Solo Te" 

08/08/14

Restaurante Buca di Sto Antonio em Lucca - Itália






Entre tantas atrações a visitar na cidade de Lucca, uma delas era almoçar no Buca di Santo Antonio, um restaurante de culinária local, aberto desde 1782 e registrado na Academia Italiana Della Cucina que supervisiona o desempenho dos estabelecimentos que servem a autêntica tradição da cozinha italiana. E a experiência não poderia ser melhor porque foi maravilhoso, desde o ambiente aconchegante, o serviço impecável e atencioso, o vinho Brunello de Montaltino que escolhemos para acompanhar, a comida com destaque para as massas caseiras feitas todos os dias e a sobremesa para fechar com chave de ouro. 

Localizado muito próximo da Piazza S. Michelle, na Via della Cervia, 3 e aberto todos os dias, exceto segunda e noite de domingo.  http://www.bucadisantantonio.it/










06/08/14

Lucca - Itália




Sempre tive vontade de visitar a cidade de Lucca na Itália porque a família dos meus avôs é desta região e nossa cidadania italiana é de uma cidade próxima, mas por uma razão ou outra nunca dava para encaixar no roteiro. Nesta viagem era ponto de honra programar a visita e aproveitamos um final de semana que a escola foi a Bolonha para esticar o passeio até Lucca.

Estação de Bolonha

Pegamos o trem em Bolonha com destino a Firenze e na Estação Santa Maria Novella trocamos de trem para Lucca. Chegamos sábado à noite e reservamos pela internet o Hotel Rex ao lado da estação. Não sabíamos as certo o que iríamos encontrar, já que hotéis perto de estação nunca são muito bons, mas como o horário de chegada já seria  à noite, não queríamos ficar andando sem conhecer a cidade para procurar o hotel. E a surpresa foi ótima porque é seguro, organizado e com um excelente café da manhã. Nosso quarto tinha uma saleta com banheiro na parte de baixo e uma escada para um mezanino com uma cama de casal e uma de solteiro na parte de cima. Para quem viaja com crianças é uma ótima opção porque tem livrinhos no quarto e utensílios no café próprio para elas.





Hotel Rex-Lucca

No dia seguinte para visitar a cidade pensamos em alugar uma bicicleta no Tourist Center, bem em frente ao nosso hotel e ao lado da estação, na Praça RIcasoli, 203, mas decidimos caminhar. Para alugar a bicicleta por hora ou por dia, basta apresentar um documento de identidade e as informações estão neste site : http://www.touristcenterlucca.com/

 

A cidade de Lucca fica na região da Toscana e teve origem como colônia da Ligúria, um povo que habitava o norte da Itália, fez parte do território Etrusco e depois colônia Romana, da qual ainda preserva no centro histórico o plano de ruas, a Praça S. Michelle que ocupa o lugar de um antigo fórum e a Praça do Anfiteatro em formato oval onde era uma arena de gladiadores. Preserva a muralha de 4km de extensão e doze metros de altura. Entramos no centro histórico atravessando a muralha pela Porta de S. Pietro, porque são várias portas em toda a extensão da muralha.






Caminhamos até a Piazza Napoleone com o Palazzo Ducale e a escultura ao centro de Elisa Bacinchi, irmã de Napoleão Bonaparte que governou Lucca de 1805 a 1815, durante a invasão Napoleônica na Itália. A praça é rodeada de restaurantes com mesas na parte externa, assim como a Praça S. Michelle. Ao lado fica um Monumento a Giuseppe Garibaldi e o Teatro Giglio.


Piazza Napoleone

Piazza Napoleone-Elisa Bacinchi irmã de Napoleão Bonaparte

Teatro Giglio

Giuseppe Garibaldi

Igreja S. Michelle

Igreja S. Michelle

Igreja S. Michelle



O compositor Giacomo Puccini nasceu em Lucca em 1858, e é autor de óperas como La Bohème,TUrandot,Tosca e Madame Butterfly. O museu Casa di Puccini, onde nasceu o compositor fica na Via di Poggio,uma rua com acesso bem em frente à Igreja da Piazza S. Michele.

Giacomo Puccini


Adorei andar pelas ruas de Lucca e é uma daquelas cidades que pretendo retornar para passar mais tempo. O labirinto de ruas é cheio de surpresas e quando você menos espera encontra um beco, uma igreja e um lugar gostoso para passar horas. Da Praça S. Michele pegamos a Via Filungo, a principal rua comercial com muitas lojas e passamos pela Torre do Relógio até a Piazza Anfiteatro e Basilica S. Frediano. A Praça em formato oval foi construída como arena pelos romanos durante os séculos I e II, e em 1830, Lorenzo Nottolini reestruturou os edifícios dando à praça o plano que tem hoje.


Torre do Relógio

Piazza Anfiteatro


Piazza Anfiteatro

Igreja S. Frediano


Igreja S. Frediano

O Duomo di San Martino é a principal igreja com portas entalhadas por Nicola Pisano e Guidetto da Como do século XIII. No interior o Volto Sagrado, um crucifico de cedro esculpido por Nicodemo, testemunha da crucificação. É um dos maiores tesouros de Lucca que chegou à Itália depois de enterrado por sete séculos na Terra Santa. 

Duomo S. Martino



Duomo S. Martino

Volto Santo


Os habitantes de Lucca usam o Muro de Lucca para fazer caminhadas e funciona como um parque porque é largo e bem arborizado na sua parte de cima. Uma opção é alugar uma bicicleta para fazer toda a extensão parando nas portas de entrada na cidade, com a Porta S. Maria, Porta di Borgo, Porta S. Jacopo entre outras. No interior do centro histórico tem muitas igrejas para visitar como a S. Francesco que marca a presença dos Franciscanos, além de fontes e Villas. A Torre Medieval Guingi é um dos cartões postais de Lucca com carvalhos no topo. O site sobre o muro famoso da cidade de Lucca tem mais informações :


Muro de Lucca

Muro de Lucca

Muro de Lucca