29/10/14

Milão - Itália


Duomo-Catedral de Milão

Preciso confessar que conhecer Milão nunca chamou a minha atenção, mesmo sendo a cidade da Moda e do Design e centro da maior Feira deste setor. Primeiro porque é uma cidade grande e prefiro as pequenas vilas que ainda guardam aquele jeito italiano que não encontramos nos grandes centros, segundo porque a Feira que todo mundo da minha área gosta de participar eu não curto porque é muita gente e já foi melhor, além de já trabalhar com as empresas italianas e conhecer antecipadamente os lançamentos.

Nesta viagem achei que já era hora de conhecer e comprovei o que já sabia sobre uma grande cidade sem o charme italiano, mas passei bons momentos apesar de apenas um dia na cidade.



Chegamos no aeroporto Linate que fica mais perto do centro e compramos o bilhete do ônibus " Linate Express" que custou cinco euros e nos deixou na Estação Central em apenas vinte cinco minutos. Da estação você pode pegar o metro para qualquer parte da cidade ou escolher entre os muitos hotéis  desta área.  Neste link você consulta todos os horários e informações atualizadas do Linate Express:



Deixamos as malas no hotel  e saímos em seguida para passear pela cidade. E aqui vai uma dica que sempre comento sobre a logística de bagagem em viagens. A mala maior (32Kgs) ficou no guarda-volumes do Aeroporto Fiumicino em Roma porque faríamos trechos de trem e aéreo entre Itália, Suíça e França. Para os voos dentro da Europa o limite de mala é menor ( 20 a 23Kg) e a pior coisa para viagem com trem é carregar malas grandes e pesadas, portanto escolhemos uma mala de mão menor com rodinhas para este trajeto.




A primeira parada não poderia ser outra: a Catedral de Milão, o Duomo que tem uma arquitetura imponente por fora, mas por dentro não é assim tão impressionante como imaginava, apesar de seu valor artístico como os vitrais, o piso trabalhado, etc.




A Galeria Vittorio Emanuele II ao lado do Duomo, foi desenhada por Giuseppe Mengoni, que morreu tragicamente ao cair de um andaime na obra antes da inauguração, em 1877. Funciona como uma passagem entre a Piazza del Duomo e a Piazza della Scala, onde está o Teatro Scala e com várias lojas, restaurantes, o Hotel Town House Galeria e o Café Miani. Em frente ao Teatro Scala fica a Escultura de Leonardo da Vinci, do escultor Pietro Magni.





Uma parada para um drink no terraço da Loja Rinascente, ao lado da Galeria com vista para o Duomo. É uma grande loja de departamento e você se sente em Milão quando encontra chocolates em formato de bolsa e sapato, objetos de design inusitados, coloridos e muita gente elegante circulando ao seu lado.








Para jantar escolhemos a Trattoria Milanese que fica a poucos passos da Piazza Duomo, mas chegamos mito cedo e estava fechada. Arriscamos o restaurante Santamarta na frente que estava aberto. O pedido claro: Risoto MIlânes e Bife à Milanesa, pratos típicos de Milão acompanhados por um vinho Chianti e Tiramissú de sobremesa.






Gesto italiano para expressar que a comida está muito boa:
Apoiar o dedo ao lado da boca e girar para um lado e para o outro.
 

Tentamos reservar a visita para conhecer a Santa Ceia de Leonardo da Vinci, mas não conseguimos porque é preciso agendar pelo site com antecedência e só havia vaga para o dia seguinte da nossa partida. Este foi o primeiro dia da nossa viagem de 10 dias  após um mês de curso e sabíamos que estaríamos cansadas com a logística de sair de Camerino com Ônibus muito cedo, pegar trem até o aeroporto em Roma, deixar malas e embarcar para Milão e ainda rodar um pouco pela cidade.Voltamos para o hotel após o jantar para descansar e sair cedo para o trajeto mais incrível da nossa viagem. Milão foi apenas uma parada estratégica para descansar e que deu tempo para aproveitar e conhecer.




25/10/14

Hotel Berna em Milão - Itália




A decisão para escolher um hotel em Milão era ser próximo da Estação Central porque teríamos pouco tempo na cidade e nossa saída no outro dia seria muito cedo com trem, portanto a proximidade com a estação facilitaria o roteiro. Normalmente em hotéis próximos de estações é preciso tomar um pouco mais de cuidado com a segurança devido o movimento maior de pessoas circulando, mas esta área de Milão você encontra boas opções de hotéis e de todas as categorias.

Escolhemos o Hotel Berna e a reserva foi feita no site da booking e em seguida recebemos um e-mail muito simpático do próprio hotel para personalizar a nossa estadia com algumas comodidades gratuitas e outras pagas. Entre elas por exemplo a temperatura do ar condicionado do nosso quarto, o tipo de travesseiro e cobertas e até o tipo de papel higiênico.



E assim que entramos no quarto havia um bombom sobre o travesseiro e um presente na pia do banheiro: um patinho de borracha amarelo, sem falar que na recepção uma mesa com água, café e chá fica à disposição dos hóspedes o dia inteiro.





A diária em apartamento para duas pessoas sem café da manhã custou 129 euros em junho de 2014 com reserva feita no site da www.booking.com e pagamento no check-out. 

22/10/14

San Gimignano - Itália





San Gimignano é uma cidade que pode ser visitada partindo de Firenze  e com ônibus saindo da Estação Rodoviária ao lado da  Stazione Santa Maria Novella. Os tickets podem ser comprados antecipadamente ou na hora do embarque. Algumas pessoas combinam o passeio a Siena com San Gimignano, mas se tiver tempo faça em dias diferentes para aproveitar melhor o que cada uma tem a oferecer. O melhor quando se viaja para a Itália é aproveitar o "dolce fa niente", sentar em uma praça para admirar a paisagem e as pessoas que circulam, beber uma boa taça de vinho com uma brusqueta, queijo ou qualquer outro produto típico.Se fizer as duas cidades em um dia como eu fiz da primeira vez, chegará em San Gimignano no final da tarde perdendo a visita de alguns lugares que estarão fechados, principalmente no inverno onde anoitece por volta das quatro da tarde e perderá a incrível vista do alto da cidade para o entorno. Mas se não tiver tempo pode combinar Siena com San Giminiano no mesmo dia, com distância média entre elas de 40 Km e cerca de 50 minutos. Prepare as pernas porque Siena é cheia de altos e baixos e San Gimignano fica no alto de uma colina com uma arquitetura e muros medievais preservados, o que significa algumas ladeiras acima.



Também conhecida como " Cidades das Torres " preserva atualmente 14 Casas Torres, edificações típicas da Idade Média que eram usadas como moradia. As Vias San Matteo e Via San Giovanni atravessam a cidade, e no centro ficam as Praças do Duomo, Piazza Pecori , Piazza delle Erbe e a minha preferida Piazza della Cisterna com um poço de água bem no centro que parece ter saído de um livro de fábulas infantil.

Duomo

Afrescos do Duomo


Piazza della Cisterna


Não consigo falar de San Giminiano sem lembrar do filme filmado nesta cidade : " Chá com Mussolini ", de 1999 que conta o drama de senhoras inglesas e americanas expatriadas na Itália durante a Segunda Guerra Mundial. Os afrescos que as mulheres salvam de serem destruídos estão dentro do Duomo da cidade. Minha irmã me deu o DVD assim que comentei sobre a minha visita nesta cidade e meu encantamento pelo lugar.Ela já morou na Itália....quase casou com um italiano e sabe muito mais do que eu.



E para completar ainda mais a beleza do lugar e do passeio pela cidade é preciso provar o VInho Vernaccia de San Gimignano, feito com a uva vernaccia produzida na região e considerado um dos melhores vinhos brancos da Itália. Foi o primeiro a receber a Denominação de Origem Controlada DOC e hoje é um DOCG, que significa Denominação de Origem Controlada e Garantida.










19/10/14

Jantar Internacional e karaokê em Camerino - Itália

Durante o curso na Escola Dante Alighieri em Camerino na Itália, vários passeios e atividades inclusos e outros opcionais estão programados, além de outros que você acaba fazendo com amigos novos que faz por lá, como os encontros no Bar Centrale da Piazza Cavour, jantares nos restaurantes espalhados pela cidade ou nos apartamentos , etc. E não podemos esquecer o horário das aulas e o tempo para fazer as lições, entrar em contato com a família no Brasil com diferença de fuso horário e cuidar da sua roupa e a casa que está usando neste período que fazem os trinta dias do curso ser bastante movimentado. Mas duas atividades entre tantas são muito divertidas porque envolve todos os alunos : O Karaokê e o Jantar Internacional organizado pela Escola com a participação dos professores.



O Karaokê começa com uma música escolhida em classe com seu professor e ensaiada algumas vezes. A noite de apresentação de todas as classes é um evento animado de muitas risadas que começa com os professores cantando juntos, depois cada classe apresenta sua música, terminando com uma canção típica por país. Não precisa comentar que a noitada só começa com o Karaokê e termina na casa de alguém ou no Bar Centrale.


 









O Jantar Internacional  agrupa os alunos por países que precisam preparar um prato típico e apresentar para um Juri explicando sobre a receita e os ingredientes. Tudo começa na preparação do prato e na elaboração do cartaz. Cada grupo escolhe um aluno que fará a apresentação em italiano, depois a degustação para todos e pizza fornecida pela escola, terminando com a premiação dos pratos e cartazes. Os prêmios são simbólicos com vinhos, pacotes de massas , etc. E preciso comentar que nosso grupo venceu o primeiro lugar com uma Torta de Banana deliciosa preparada pela nossa amiga virtual aqui do Blog Teresa que virou Real quando nos encontramos em Camerino. Ela sabe tanto do assunto e de como comer bem que já escreveu um post a meu convite que está neste link AQUI.