07/12/16

Colômbia - Bogotá




No início deste ano fizemos a viagem aos Estados Unidos com uma conexão do voo com a Avianca em Bogotá, na Colômbia e não escrevi nada por aqui porque não conhecemos a cidade. Mas diante do carinho e tudo o que os colombianos fizeram pelos brasileiros no acidente de avião da Chapecoense, resolvi colocar as fotos que tiramos desta breve passagem neste país que já está na wish list para retornarmos. O aeroporto de Eldorado é bem estruturado, moderno e me chamou a atenção o artesanato e produtos locais vendidos nas lojas dentro do embarque.






 


Veja Também:






04/12/16

Um Restaurante diferente em Roma - Aromaticus

   



Passeando pela região de Monti em Roma que eu amei e retorno sempre que posso, encontrei um Restaurante diferente e muito natural: Aromaticus na Via Urbana 134 e a poucos passos da estação de mêtro Cavour. É uma mistura de restaurante que prioriza alimentos naturais e orgânicos no seu cardápio com uma loja de alimentos. Produtos como sais, pimentas, especiarias, azeites, flores comestíveis entre outros, juntamente com vinhos biológicos e cervejas artesanais entre objetos para jardins, hortas urbanas e tudo relacionado ao mundo das ervas aromáticas. 




Descobri também que eles servem a Panzanella que comentei neste post AQUI. O ambiente é pequeno e bem simples, mas serve uma boa salada com frutas frescas e ótima opção para desintoxicar um pouco de massas e pizzas.

http://www.aromaticus.it/


Veja Também:




30/11/16

Cremes Básicos para Viajar - Update



Já faz algum tempo que escrevi um post sobre os cremes que levo em Viagem e como simplifico a rotina para não carregar muita coisa. O post antigo está neste link AQUI, mas farei um Update porque com o mestrado na Itália e retornando sempre ao Brasil precisei fazer um ajuste principalmente com os cuidados com a pele. Também escrevi neste  post AQUI sobre uma Necessaire que encontrei com vários bolsos e possibilidades de uso. No início deste ano comprei no Wall Mart dos Estados Unidos outra necessaire mais simples para viagens curtas que estou usando bastante.






Para hidratar a pele antes da maquiagem continuo usando a Água Termal da La Roche Posay rica em Sais Minerais, e recentemente comecei a usar a Água de Beleza Caudalie. Inicialmente por curiosidade depois das resenhas sobre alisar os traços, fechar os poros, luminosidade e ajudar na fixação da maquiagem. Foi tipo pagar para ver se funcionava e posso dizer que estou amando usar porque deixa a pele com uma sensação muito boa. 

CAUDALIE - https://br.caudalie.com/


Primer antes da maquiagem ajuda nas diferenças de temperatura e deixa a pele impecável o dia inteiro e principalmente em voos longos. Tenho levado em viagens apenas o Pore Profissional da Benefit ou Smashbox Photo Finish para a face e o Urban Decay Primer Potion Original para os olhos. Conheci a marca italiana Wycon e experimentei novos Primers como o bastão Stick Matte para a região T do rosto, o Primer Corrective para a área dos olhos e o Primer para os lábios. O link desta marca é: WINCON












O Filtro Solar da Adcos uso há anos  porque tem fator de proteção 60, não tem cheiro e ainda é tonalizante. Depois aplico o pó compacto da Adcos para finalizar a pele e Fator de proteção 50. Usava os pós em bastão por serem mais práticos em viagens e não quebrarem como os compactos, mas a cobertura do pó da Adcos é maravilhosa deixando a pele muito iluminada e ainda com fator de proteção 50. Para base uso a Studio Fix da Mac que tem uma boa cobertura e o corretivo da mesma linha. No inverno europeu e baixas temperaturas uso a Dermablend da Vicky porque é mais grossa e protege o ressecamento da pele nestes dias frios.









O Blush em bastão que usava da Clinique saiu de linha e não consegui achar nenhum outro semelhante. Normalmente uso Blush Orgasm da Nars e da Mac, mas procurei um baratinho para levar em viagem com medo de quebrar e acabei gostando muito da linha Bronze Soleil da Vult que já vem com as duas cores para blush e contorno. 

No post antigo comentei que estava a procura de uma sombra que não fosse em pó para não quebrar em viagem e encontrei na marca italiana Kiko Milano, uma em formato de um pequeno lápis bastão com várias cores disponíveis e práticas para qualquer necessaire. O lápis de olho ainda amo o 24/7 da Urban Decay que não borra, aguenta o dia inteiro e o lápis iluminador da Benefit hight Brown. Alguns anos atrás conheci a marca Essence da Alemanha e gostei muito das máscaras de olhos deles e recentemente comprei um kit de sombra para sobrancelha.










Continuo usando os lencinhos matificantes para passar no rosto durante o dia,  e principalmente nas diferenças de temperatura bruscas como sair de um ar condicionado e caminhar na rua. Eles retiram o excesso de oleosidade da pele sem retirar a maquiagem.





E para os cabelos que ressecam muito com o calor e ar condicionado do avião, aplico uma máscara hidratante em ampolas da Pantene. Não ocupam espaço na mala e depois do uso você joga a capsula fora, super práticas.





Continuo usando o creme de morango dos pés da Body Shop, o creme Neutrogena para as mãos e acrescentei o creme de unhas e cutícula da Granado.





Como estou variando muito a temperatura e ficando grandes períodos em voos longos dentro de um avião a minha pele precisou de um creme hidratante mais estruturado para os dias na Europa. Comprei em Roma um produto da Dermolab que levei à minha dermatologista para analisar e para esta situação que estou vivendo é perfeito. Também complementei com a linha Moisture Surge da Clinique para hidratar bem a pele e a Vitamina C da Payot na área dos olhos.





Esta é a linha básica que estou usando no momento com a diferença de temperaturas e descobrindo produtos de marcas europeias novas como a Kiko Milano, a Wycon, Caudalie Essence, etc. Mas o mais importante é deixar a mensagem que você pode se cuidar sem precisar levar o armário nas costas cheio de produtos e procurar colocar tudo em uma única necessaire para facilitar o uso em viagens.






27/11/16

Molho Amatriciana - Um Clássico Italiano





Este ano a Itália passou por grandes terremotos que destruíram cidades inteiras e patrimônios artísticos valiosos, além do nosso coração metade italiano também ficar afetado. Acompanhei de perto por duas razões, uma por estar em Roma e sentir alguma consequência e segundo, tenho amigos que ficaram sem suas casas nas cidades de Camerino, Macerata e Ascoli Piceno. E a tristeza de ver algumas construções em cidades que visitei recentemente com amigos virem abaixo como Norcia e Casteluccio de Norcia que já escrevi no blog AQUI e AQUI

Dentre todas a mais destruída foi Amatrice, cidade famosa por dar origem ao clássico Molho italiano "Amatriciana" ou "Matriciana", as duas formas são corretas. Amatrice significa "amada". A Cruz Vermelha começou uma campanha para todos os restaurantes doarem dois euros para cada prato de Amatriciana que servirem e ajudarem as vítimas do terremoto em Amatrice.





No início do ano participei do Curso de italiano com gastronomia da SCUOLA DANTE ALIGHIERI em Camerino. Uma das aulas foi de molhos e aprendi a fazer o famoso Amatriciana que passo a receita para vocês. Para contato com a escola o link é este: http://www.scuoladantealighieri.org/ . No ano de 2017, após os terremotos que deixaram Camerino na área vermelha, a escola estará operando em Recanati que fica a 10 km do mar Adriático.





Molho Amatriciana - Receita

A Pasta original para acompanhar o molho é o Spaghetti, mas pode ser usado outros tipos como Bucattini, Rigatoni, Linguini, etc.

Ingredientes
1 Peperoncino fresco  (no Brasil pode ser a pimenta dedo de moça sem sementes ou peperoncino seco ou pimenta calabresa)
100 gramas de Guanciale (bochecha de porco defumada e no Brasil pode ser substituído por bacon)
50 gramas de vinho branco seco
300 gramas de tomates
1 cebola picada
3 dentes de alho
100 gramas de queijo pecorino ralado (no Brasil pode usar o parmesão)


Modo de fazer
Pique bem fino o Guanciale (ou bacon) e refogue em uma panela com um fio de azeite até dourar. Coloque o vinho branco para deglaçar e evaporar. Reserve o bacon deixando a gordura na panela para refogar a cebola e o alho. Acrescente o peperoncino (ou pimenta)
Em outra panela cozinhe 350 gramas de tomates em água. Retire a pele dos tomates e amasse formando um purê. Junte ao refogado acima e tempere com sal.

Cozinhe a pasta e misture o molho polvilhando queijo pecorino por cima.


Veja Também:





23/11/16

Minhas escolhas de hotel em Roma




O Hotel Laura Roma tem sido a minha casa enquanto estou fazendo o Mestrado, e é assim mesmo que me sinto porque sou muito bem recebida pela equipe. Inicialmente eu procurei um apartamento para alugar, mas Roma não é uma cidade barata e os valores sobem bastante quanto mais próximos estiverem do centro. As opções seriam ficar em um apartamento longe e em regiões na periferia ou em um quarto de um apartamento para morar em parceria com outras pessoas que eu não conhecia pelo mesmo valor ou até mais caro. A burocracia para alugar sózinha um apartamento também é bem chata, mesmo tendo a cidadania italiana e com valores a partir de 700 euros. Também pensei em alugar em uma cidade próxima, mas a logística de pegar trem todos os dias não me animou muito, além de ficar sozinha em uma cidade pequena.



Entrada da estação do metro na frente do Hotel Laura Roma

Entrada do Hotel Laura Roma que fica no quarto e quinto andar de um edifício residencial .
Você toca a campainha e a recepção no quarto andar, que funciona 24 horas abre a porta permitindo a sua entrada. A entrada da estação de metro fica na frente.
Em geral no café da Manhã é servido café, chá, cappuccino, suco de laranja, torrada, manteiga, geleia, queijo fundido, nutela, pães doces tipo corneto simples ou com recheios de creme, marmelata ou chocolate.

O café da manhã não é no padrão que estamos acostumados no Brasil e tudo é muito simples com bom custo benefício. No quarto tem um frigobar e supermercados próximos onde você pode comprar frios e frutas se desejar complementar o café da manhã. Em alguns hotéis na Europa o café é cobrado à parte e você decide se deseja a diária com ou sem café da manhã.

Quarto  para uma pessoa





Quarto para Casal

Recepção Hotel Laura Roma


Para quem me acompanha, sabe que sempre indiquei o Hotel Mercure Piazza Bologna que também gosto muito, mas para ficar muito tempo como neste momento o valor ficaria pesado no orçamento. Para quem  não se importa de pagar um pouco mais e prefere mais conforto com instalações  novas, o Mercure é a melhor opção. Mas o Hotel Laura no momento atende as minhas necessidades. Ele fica muito bem posicionado na frente de uma entrada da estação de metro, tem ônibus para o centro e o bairro já comentei neste post PIAZZA BOLOGNA NO BAIRRO NOMENTANO EM ROMA.


Hotel é uma questão muito pessoal e conforme suas necessidades, mas se procura uma opção boa e barata em Roma o Hotel Laura Roma é uma boa opção. Se quiser novas instalações e mais conforto o Mercure Piazza Bologna, se prefere fazer tudo a pé o centro histórico é a melhor opção apesar de pagar mais caro por isto. 




Hotel Mercure Piazza Bologna


No verão fiquei no Bed and Breakfast Le Vibrazione também na Piazza Bologna e gostei muito apesar de ser um pouco mais caro que o Laura. Não gosto de ficar sozinha em Bed and Breakfast porque normalmente é um apartamento com quartos individuais e a portaria só funciona pela manhã, mas o le Vibrazione é diferente porque os proprietários Michaela e Roberto moram no apartamento em uma área reservada e são de uma extrema simpatia te acolhendo com muito carinho. São apenas três suítes espaçosas e muito bom gosto na decoração. O café é feito no espaço da entrada e também com muito zelo nos produtos para te oferecer o melhor. 





Roberto e Michaela proprietários do Le Vibrazione





Links dos hotéis: