20/05/15

Sabores de Gruyère - Suíça

 

A culinária Suíça é muito simples feitas à base de batatas e queijos, produtos típicos de agricultores, mas Fondue é sem dúvida o cartão postal gastronômico com a receita original e outras que poucos conhecem. Procurei uma receita diferente de Fondue que poucos sabem que é típica desta região Alpina da Suíça. 

Fondue de Queijo e Tomate 

Ingredientes - 4 porções
30 gramas de manteiga
2 dentes de alho esmagados
1 cebola roxa picada ou ralada
3 tomates sem pele e sementes picados ou Pasta de Tomate (em algumas receitas encontrei o pimentão vermelho batido no liquidificador como complemento de sabor e cor ao molho)
350 ml de vinho branco seco
50 ml de Kirsch 
400 gramas de queijo Gruyère ralado
200 gramas de queijo Emmental ralado

Modo de Preparo:
Coloque a panela de fondue de cerâmica em banho-maria e fogo médio. Derreta a manteiga e junte o alho e a cebola deixando cozinhar lentamente até dourar.
Misture os tomates, refogue por 3 minutos e junte o vinho e o Kirsch até o líquido levantar fervura. Retire do banho-maria e misture os queijos até derreter.
Mantenha quente no aparelho de fondue e sirva com pedaços de baguete e batatas cozidas.



A Sopa de Queijo  
Esta receita chamou a minha atenção porque o creme não é engrossado como a maioria, e talvez não seja preciso porque o Gruyère é um que encorpa o caldo. Se precisar engrossar um pouco, utilize meio copo de leite frio dissolvendo 1 colher de chá de farinha de trigo ou amido e acrescente ao caldo mexendo sem parar. 


Ingredientes: 4 porções
5 Batatas 
1 cebola
1/2 maço de espinafres
1/2 litro de leite
1 litro de água
crótons de pão
sal a gosto
queijo gruyère a gosto  

Modo de Preparo:
Cozinhe as batatas descascadas em água, leite e sal.
Adicione as cebolas  
Pique as folhas de espinafre e adicione ao caldo 
Deixe cozinhar tudo e sirva com crótons de pão.


Meringue Creme La Doble - Merengues com creme duplo

Esta é uma sobremesa simples e cheia de sabor. Merengue nunca foi meu doce preferido porque não gosto de pratos enjoativos com muito açúcar, mas este combinado com o creme derrete na boca e muito macio no paladar.Só existe um defeito: você não consegue parar de comer.
O Creme La Doble de Gruyère é servido sobre várias sobremesas ou frutas e sua textura faz toda a diferença no sabor porque por regulamentação devem ter 45% de gordura, e são obtidos da nata do leite que se forma na industrialização do queijo. Eles são viciados neste creme e usam também como molhos ou complementos de pratos salgados. 
Para comparar é um creme similar ao Mascarpone italiano com chantily, misturados na mesma proporção.

Ingredientes do Merengue Suíço:
5 colheres de açúcar para cada clara de ovos

Modo de Preparo:
Coloque os ingredientes em uma tigela refratária e leve em banho-maria ao fogo baixo, batendo com um batedor por 10 minutos. Este processo serve para dissolver os cristais de açúcar e a mistura ficar lisa e cremosa, mas é preciso atenção porque não podem cozinhar as claras. Retire do fogo e bata na batedeira até esfriar. Assar os merengues em forno baixo e servir com o creme.







17/05/15

Gruyères - Suíça




Sabe aquela cidade que é Paixão à Primeira vista? Chama-se Gruyères, linda acima da montanha com um imponente Castelo do século XIII que foi residência dos condes e arquitetura medieval. Chegamos à cidade com o "Trem do Chocolate" que comentei AQUI e tivemos um tempo para andar pela pequena cidade e conhecer os museus e castelo.







HR Giger Museum é um dos museus da cidade com uma coleção de pinturas, sets de filmagem, mobiliário e esculturas do filme "Allien" do artista suíço HR Giger, ganhador do Oscar de Melhores efeitos Visuais por sua participação. O Giger Bar com inspiração neste tema fica bem próximo ao museu. http://www.hrgigermuseum.com/




E para completar o passeio almoçamos um delicioso Fondue de Queijo Gruyère, lógico. A cidade tem vários restaurantes e todos parecem muito bons, mas escolhemos o Le Chalet pela arquitetura bem típica desta região alpina da Suíça.



Escolhemos uma mesa no andar superior com uma linda vista da vila e almoçamos acompanhado de uma cerveja típica "Cardinal". A combinação pode parecer estranha, mas foi assim que as atendentes tipicamente vestidas ofereceram e resolvemos experimentar. O fondue também é diferente do nosso, acompanhado de pepino e cebolinha em conserva, batata cosida com casca e carne  maturada em fatias. O queijo não precisa comentar que tinha um sabor muito muito muito especial. 







Para completar a sobremesa típica: Meringues ( Merengues ou suspiros) a La Creme Double que também são vendidos em pacotes nas lojas de Gruyères.



E partimos com a alma renovada, a mente  mais rica de detalhes, o coração cheio de emoções e agradecendo por estarmos em um local cheio de paz, beleza que alegrou nosso dia.







15/05/15

La Maison du Gruyère - Suíça







Para os ratinhos amantes de queijos, este passeio é uma verdadeira tentação da Santa Dieta. Em Montreux pegamos o Trem do Chocolate que já comentei AQUI, e a primeira parada é justamente na Casa do Queijo Gruyère, onde os visitantes recebem um guia audiovisual na língua de preferência e recebe uma amostra do queijo em maturações diferentes de 6, 8 e 10 meses para sentir a diferença no paladar. Enquanto percorremos um salão com fotos contando a história da fabricação e sobre os ingredientes que fazem a composição do queijo, é possível sentir o cheiro de cada elemento através de pequenos cilindros de inox. Durante a visita podemos também ver o processo de fabricação, terminando em uma loja de queijos e produtos típicos, além de um restaurante.













Mais informações no site : 
http://www.lamaisondugruyere.ch/

12/05/15

Dicas dos Viajantes


Tudo o que fazemos em nossas vidas com PASSIONE resulta em sucesso!


E hoje inauguramos mais um marcador dedicado ao Leitor do Passione Per Viaggio, os Apaixonados por Viagens. Conheci muitas pessoas através deste blog e criei este espaço para vocês nos contarem suas dicas, perrengues, novidades, receitas típicas de algum lugar visitado, objetos encontrados em viagens , etc.

Escrevam o que desejarem ver publicado neste novo marcador do blog e  enviem para o e-mail abaixo:




" A Vida é o que fazemos dela. As Viagens são os Viajantes." 
Fernando Pessoa

Castello de Verrazzano no Chianti - Itália






Na região de Chianti entre Firenze e Siena encontramos várias vinícolas com degustação de vinhos ao longo da estrada Chintigiana. O Castello de Verrazzano no alto de uma colina com uma vista incrível da região de Greve in Chianti é um dos mais visitados.

O Castelo pertenceu aos etruscos, aos romanos e depois à família Verrazzano. Giovanni Verrazzano era um navegador que explorou a costa da América do Norte em nome da coroa francesa e descobriu a baía de Nova York, entre tantos outros pontos dos Estados Unidos e Canadá. Em Nova York a Ponte Verrazzano Narrows é batizada em sua homenagem e no brasil fez cargas de pau-brasil no litoral de Pernambuco, por volta de 1527. Atualmente o Castelo é de propriedade da família Cappellini, mas os rótulo dos principais vinho produzidos tem a imagem de Giovanni Verrazzano.






A visita guiada ao Castelo inclui passeio pela villa, jardins, cantina de envelhecimento do vinho, degustação do vinho clássico e outros produtos produzidos como Aceto Balsamico, mel, etc. São várias modalidades de degustação a escolher e com horários diferenciados :

10h00 - First Tasting - 10 euros - de 2a a 6a - visita + degustação - duração 1h30
Degustação  do Rosé di Verrazzano no verão e Verrazzano Rosso  di Toscana no inverno, Chianti Clássico DOCG, Chianti Classico DOCG Riserva e azeite com pão toscano

11h00 - Chianti Tradition - 32 euros - de 2a a 6a - visita + degustação + especialidade gastronômica - duração 2 horas
Degustação de Verrazzano Rosso di Toscana, Chianti Clássico DOCG ,Chianti Clássico Riserva DOCG, presunto, salame toscano, pães, queijo pecorino com mel e Balsamico Verrazzano. Para vegetarianos uma opção de legumes e finalizando com grappa, doces típicos e café.

12h00 -The Wine & Food Experience -54 euros -de 2a a 6a-visita + degustação+ almoço- duração 3 horas
Degustação de Verrazzano Rosso di Toscana, salames e pães, Chianti Clássico DOCG com uma pasta, Chianti Clássico Riserva DOCG com salsicha toscana assada ou carne de porco no inverno e Salada no verão, Vinho Supertuscan e queijo  pecorino com Balsamico Verrazzano, Grappa acompanhada de doce típico e café.

15h00 - The Wine Tour Clássico - 16 euros - de 2a a 6a - visita + degustação - duração 1h30
Degustação  do Rosé di Verrazzano no verão e Verrazzano Rosso  di Toscana no inverno, Chianti Clássico DOCG, Chianti Classico DOCG Riserva , azeite com pão toscano e pecorino com Balsamico Verrazzano.

12h00 - Sabato - 32 euros - somente aos sábados - visita + degustação e escolha da degustação entre Chianti Tradition ou Wine & Food Experience, ou ainda, Restaurante  das 12h00 às 14h30.

19h00 - Cena in Trattoria -  58 euros - somente às quintas-feiras - visita + degustação + jantar - duração 3 horas
Aperitivo de Boas vindas, Spumante Verrazzano acompanhado de pão toscano com azeite, Verrazzano Rosso com presuntos e salames, Chianti Clássico DOCG com minestra e pasta , Chianti Classico Riserva DOCG com salsicha e acompanhamentos, Vinho Supertuscan com pecorino ao Balsamico Verrazzano, Grappa com doces e café.






Para quem não tiver tempo de fazer a visita no Castelo, uma loja na própria estrada  SR 222-Chintigiana  é aberta todos os dias para degustar e vender os produtos das 9h30 às 18h30 ,aos domingos ou feriados das 10h00 às 14h00 e  15h00 às 19h30. Em Firenze você pode conhecer a Cantinetta Verrazzano, na Via dei Tavollini- 18, próximo da Piazza Signoria e Igreja Orsanmichele, aberta das 8h00 às 21h00. O local vende os produtos Verrazzano  e também oferece refeições com média de 15 a 30 euros.







http://www.verrazzano.com/